Revista Salusvita

Edição Atual

v. 40 (2021): Revista Salusvita

Ao findar o ano 2021, após muitas mudanças e desafios no cenário nacional frente ao apoio à pesquisa e a pandemia da COVID-19, a Revista Salusvita apresenta as contribuições científicas na área da odontologia, enfermagem, fisioterapia, medicina e psicologia. São três estudos clínicos e exploratórios e seis revisões narrativa e integrativa da literatura que contemplam várias temáticas as quais serão apresentadas nos parágrafos abaixo.

            Os achados encontrados nas Ressonâncias Nucleares Magnéticas foram associados às queixas auditivas e otológicas de 15 pacientes, num estudo transversal e retrospectivo. O zumbido foi encontrado em 80% dos pacientes com alça vascular, porém não foi constatada correlação com a queixa e a patologia de base.

            O gênero foi ponto disparador para analisar as condutas de saúde de alunos de graduação de uma universidade comunitária. A amostra foi composta por 726 universitários com predomínio do sexo feminino, o qual foi associado à baixa frequência para uso de preservativos e prática de atividade física. O planejamento de ações que promovam comportamentos saudáveis deve ser permeado considerando as diferenças entre os sexos.

            A Central de materiais e esterilização foi alvo de interesse no que tange a rotatividade de funcionários nesse setor. A observação foi feita no hospital regional por meio de roteiro contendo perguntas abertas e fechadas. O ambiente em si, a presença de profissionais de nível técnico e ausência de capacitações e treinamentos foram alguns dos elementos identificados. Esses achados permitem a elaboração de ações para amenizar e corrigir a rotatividade na central de materiais e esterilização.

            Com abordagem na área comportamental, as estratégias de enfrentamento dos familiares que possuem histórico familiar de suicídio foram investigadas através de revisão de literatura. Aspectos emocionais, sociais e religiosos são evidenciados, porém há necessidade de maior aprofundamento sobre a temática, principalmente por se tratar de um grave problema de saúde pública.

            Em relação à enfermagem, as práticas do cuidado realizadas pelo enfermeiro ao idoso atendido nos serviços de emergência foram abordadas por Lima e colaboradores. As principais queixas para procura ao serviço de emergência estão relacionadas aos sistemas respiratório e geniturinário, entretanto a assistência fica comprometida pela estrutura física inadequada e falta de profissionais.

            A contribuição na área da reabilitação ocorreu com a abordagem das peças podais as quais são opções para o tratamento de disfunções posturais, pois adaptam o posicionamento promovendo realinhamento postural. Essas ferramentas proporcionam benefícios à saúde por corrigir as alterações musculoesqueléticas.

            Na área da odontologia, pesquisadores da Universidade Estadual da Paraíba contribuíram com dois estudos. A doença cárie pode ser tratada de forma expectante e há duas etapas para remoção da dentina cariada. Há divergência entre os autores sobre a necessidade da execução da segunda etapa, a qual pode ser substituída por outro procedimento denominado como modificado. A técnica ART também é abordada, assim essas técnicas são favoráveis a fim de interromper a evolução da lesão.           Outro estudo na área de endodontia abordou o protocolo clínico para utilização de pinos de fibra de vidro. O cuidado na avaliação, planejamento e diagnóstico permitirá o sucesso clínico. São destacadas três técnicas das quais o clínico pode selecionar a que mais se adequa a situação a ser tratada a fim de obter êxito.

            E para abrilhantar esta última edição, há o registro das pesquisas apresentadas na 13ª Jornada de Odontologia do UNISAGRADO. Os Anais contem os resumos dos estudos separados conforme as seções: Ciências Básicas/ Estomatopatologia/ Radiologia/Patologia, Cirurgia/Implantodontia, Periodontia, Ortodontia, Odontopediatria, Saúde coletiva, Dentística/Materiais Dentários, Endodontia, Prótese/          DTM, Odontologia para Pacientes com Necessidades Especiais.  

            Agradecemos a todos que confiaram no trabalho desempenhado até aqui e reiteramos nosso compromisso para o próximo com a expectativa de avançarmos na qualidade da revista, principalmente na aquisição do DOI.

Equipe editorial

Bruno Martinelli

Joel Ferreira Santiago Júnior

Publicado: 28-09-2022

Editorial

Artigos Originais

Artigo de Revisão

Ver Todas as Edições